Tipos mais comuns de Vírus para Andoird e como se proteger

Os smartphones já são parte importante da vida do ser humano – dificilmente ficamos sem nosso aparelho celular, responsável por tarefas pessoais e profissionais.

Carregados de informações privadas e dados importantes, os smartphones são suscetíveis a ataques de criminosos, principalmente em relação ao sistema operacional Android.

Com números altos e muita desinformação, conheça aqui quais são os tipos de vírus mais comuns para Android e dicas fundamentais para você proteger seu dispositivo!

Vírus em Android: quais são os mais comuns?

Vírus em Android

Um dos vírus mais corriqueiros em smartphones Android são os adware – você pode facilmente perceber esse vírus através de anúncios que surgirão do nada, até mesmo quando você nem está usando um aplicativo.

Download sem autorização também são uma indicação de possibilidade de vírus, afinal se você não solicitou a instalação de um aplicativo, ainda mais desconhecido, o que isso pode significar?

Ransomware também é outra ameaça muito comum para Android e muito conhecida por prejudicar o uso do dispositivo. Este vírus é capaz de bloquear o seu aparelho, cuja liberação de acesso aos dados será feito novamente apenas após um “resgate”.

Nesse caso, os ransomware costumam não bloquear de verdade seus dados, mas você não quer fazer o teste, não é?

Outro risco muito atual é um vírus de mineração de criptomoedas, embora seja considerado também raro.

vírus android

Um tipo de malware bastante frequente são os subscribers: os Trojan clickers. A função é roubar os dados de sua conta de celular, simplesmente.

Duas outras categorias de vírus comuns para Android são os Flooders de SMS e DDoS, mas ao invés de baixar dados, eles os enviam – e em muita quantidade, sem pedir sua permissão e tudo às escondidas.

Falando-se em nomes, aqui estão alguns dos piores malwares para Android dos últimos anos:

☠️ Podec: um Trojan especializado em infectar aplicativos bancários que estão instalados nos smartphones, tentando roubar as credenciais das contas correntes dos usuários – e incluindo os dados de cartões de crédito,

☠️ Leech e 3 -Ztorg: dois malwares que implementam programas de propagandas (os adwares) agressivos nos smartphones que já foram infectados, liberando vários banners (de tamanhos diferentes) e pop ups sem parar,

☠️ Lotoor: código malicioso que consegue o acesso de administrador no smartphone através de um conjunto de exploits que realizam o root no aparelho. O resultado? Muita vulnerabilidade e roubo de dados,

☠️ OpFake e Acercard: aplicativos especializados em roubar credenciais de redes sociais, aplicativos de mobile banking e sites de compras. Podem até utilizar técnicas de phishing.

Uma boa notícia para você é que a maioria dos casos de malwares que surgem em seu dispositivo Android são decorrentes do download de aplicativos de lojas não-autorizadas.

Por isso, parar de expor o seu Android a riscos comece a partir da busca por apps nas lojas oficiais.

Como remover vírus no Android?

proteção android

Seu celular foi infectado? Um malware pode oferecer vários sinais claro ao Android, caso já esteja em seu aparelho. Alguns exemplos são:

📍 Lentidão,

📍 Consumo de bateria muito maior do que o normal,

📍 Aplicativos se fecham do nada,

📍 Celular que se desliga sozinho,

📍 Notificações de publicidade em excesso,

📍 Movimentos estranhos em suas redes sociais,

📍 Crédito acabando rápido ou mesmo a conta de celular vindo mais cara,

📍 Aplicativos que você não instalou,

📍 Aplicativos pedindo registro de seus dados de forma constante.

Se você se identificou nessa situação, não entre em desespero.

O primeiro passo para proteger seu Android e retirar a ameaça é instalando um antivírus no celular, independentemente do vírus já ter infectado o aparelho.

O antivírus conseguirá identificar e remover a ameaça de forma imediata.

Manter o antivírus em seu aparelho é fundamental para que ele proteja o Android diariamente contra possíveis e futuros ataques. Lembre-se de procurar um antivírus que tenha um elevado nível de eficiência e que ofereça os serviços de bloqueio de ameaças em tempo real, verificação automática e varreduras completas.

Além disso, dê preferência aos aplicativos que estão na loja de aplicativos Play Store. Lá, você tem certeza da segurança de cada app que for baixar em seu aparelho.

Outra dica é que você não faça root no aparelho, pois isso acaba eliminando várias proteções do Android, o que pode deixar o sistema vulnerável.

Patrícia Fischer

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content